Instituto Mix
Colunistas

Atenção com os possíveis vermes em seu pet

Precisamos sempre estar atentos aos sinais e sintomas que nossos pets nos passam. Pois eles podem estar com vermes! Essa doença parece besteira, mas ela é séria e pode levar seu animal de estimação a óbito.

Como saber se meu animal realmente esta com vermes?

Primeiro de tudo é estar em alerta caso seu bichinho comece a ter sinais e sintomas diferentes do que se considera normal. Estes sintomas são, geralmente, o emagrecimento rápido e a indigestão dos animais.

A solução para evitar que os bichinhos sejam infectados por vermes é simples e prática: a vermifugação, indica-se que seja feita a cada 3 ou 4 meses.

Point das Coxinhas
Confraria do Pão
Sidertur
Rossana Bottini

Existem muitos tipos. A lombrigas são os vermes mais comuns entre os peludos e não afetam apenas os filhotes. Se não tratada a tempo, uma infestação grave pode causar a morte por obstrução intestinal.

O verme chicote, mais encontrado em cães, são parasitas difíceis de analisar. Para esse mal, o principal sintoma é a perda de peso crônica.

Já a tênia se manifesta quando cães e gatos ingerem pulgas. Essa contaminação pode ser destruída com vermífugos comuns.

Por último, mas não menos importante, destacamos os ancilóstomos. Esses vermes são muito pequenos, finos e se prendem a parede do intestino delgado para sugar o sangue dos tecidos. Após detectada a doença, o tratamento varia de acordo com a gravidade e a quantidade de vermes encontrados no pet. Para prevenir, é importante que o peludo tome a primeira dose da vermifugação logo nos 15 primeiros dias de vida.

Todos os tipos de vermes podem ser identificados pelo comportamento do animal. Então, lembre-se que quanto mais cedo encaminhar o animal para o veterinário, melhor, e sempre esteja atendo aos sinais que seu animal transmite.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Topo