Colunistas

Lipedema, Linfedema ou Celulite?

Você está cansada de tratar a celulite e não tem resultado?

Hoje trouxe um assunto bem intrigante na área da estética e que geralmente muitas de vocês talvez não conheçam…

É verdade que algumas mulheres têm algum grau, mas nem tudo é celulite. Mas como assim não é celulite, é o que então?

Help Cell
Para Criar
Confraria do Pão

Já vou explicar bem descomplicado para que vocês entendam.

Existem outros fatos que podem alterar o relevo da pele, isso exige um conhecimento bastante apurado e uma conduta terapêutica diferenciada.

LIPEDEMA

O Lipedema é uma disfunção hereditária crônica da distribuição de gordura nas coxas, nas pernas e nas ancas.

Sinais e sintomas:

No Lipedema, uma dobra de pele pode ser puxada para cima do segundo e o terceiro dedos do pé ou da mão (o sinal de Stemmer é negativo). Isso não é possível no Linfedema (o sinal de Stemmer é positivo). Outros sinais de Lipedema são uma tendência para desenvolver varizes, hematomas, ou aumento de inchaço na panturrilha na segunda metade do dia.

O Lipedema é doloroso ao toque e à pressão. Em estágios avançados, até mesmo o uso de roupas apertadas é doloroso. Em comparação com o Linfedema.

LINFEDEMA

O nosso sistema linfático está ligado ao sistema cardiovascular e desempenha funções para o nosso organismo que são tão importantes como as do próprio sistema cardiovascular. Ele desempenha um papel decisivo como parte do nosso sistema imunológico. Enquanto temos saúde, dificilmente existem razões para pensar no sistema linfático. Só percebemos a sua existência quando ele se encontra debilitado – no caso do Linfedema, por exemplo.

O que é isso, exatamente? O Linfedema ocorre quando o fluido linfático não consegue fluir para o coração de modo adequado e se acumula nos tecidos. Isto pode ser comparado com uma espécie de engarrafamento de trânsito. Os braços e as pernas incham e forma-se um edema, ou seja, um inchaço crônico.

Porém, com o tratamento adequado e uma atitude positiva, é possível levar uma vida diária que seja o mais normal possível.

CELULITE

A celulite é uma alteração causada pelo acúmulo de gordura, água e toxinas nas células, fazendo com que essas células fiquem cheias.

Níveis de celulite:

Grau 1: é quase imperceptível. Só é notada se a pele for beliscada ou contraída.

Grau 2: se torna mais aparente. Surgem algumas pequenas ondulações.

Grau 3: além de visíveis, as irregularidades ficam doloridas se forem apertadas.

Grau 4: são os casos mais avançados. A cútis ganha cara de casca de laranja.

Os tratamentos mais indicados para tratar a celulites são:

– Drenagem linfática

– Ultrassom de Alta potência

– Massagem modeladora associada

– Endermologia

Mas tudo isso com olhar clínico pois cada pessoa tem suas particularidades individuais, portanto, anamnese se faz necessária antes de traçar qualquer tratamento estético.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Topo