Colunistas

Livro 1793 apresenta suspense, mistérios e personagens marcantes

O sueco Niklas Natt Och Dag traz em 1793 uma história de mistérios, traições e perturbações ao levar os personagens Cecil Winge e Mickel Cardell a uma investigação para descobrir a identidade e o assassino de um corpo mutilado encontrado flutuando no lago da Ucharia em Estocolmo na Suécia.

Além do empenho e trabalho realizado pela dupla, os leitores vão se deparar com um panorama do que era a sociedade de Estocolmo na época. Isso torna a narrativa mais lenta do que se pode esperar, mas não menos interessante já que o autor se dedica a mostrar comportamentos da nobreza, dificuldades dos mais pobres, preconceitos, intolerâncias, estilos de vida e muito mais.

Alice Decorações
Laboratório Dal Pont
Studio LE
Confraria do Pão
Para Criar
Help Cell

1793 é o título do livro que está dividido em quatro partes que ao final são interligadas. Cecil Winge está doente e vai morrer a qualquer momento e apesar de sua dedicação em fazer justiça não causa empatia. Mickel Cardell é diferente, seu comportamento mostra um pouco de preocupação com as pessoas e, claro, queremos que tudo se resolva.

A vida dos personagens secundários deste livro se tornam mais interessantes do que o próprio desenrolar da investigação que oferece poucas pistas deixando mais ao acaso a descoberta de tudo. O garoto Kristofer Blix é um deles, em cartas que escreve para a irmã conta seus sonhos e suas confusões ao chegar em Estocolmo e através delas muito é revelado sobre o homem assassinado. Tem também Anna Stina Knapp, uma menina pobre que é condenada injustamente por prostituição e vê sua vida desmoronar.

Tudo no livro é sombrio, cada personagem com sua história de vida, seus sofrimentos, sonhos e convicções. Narrativas independentes, mas que ao final se complementam e tornam a obra marcante.

1793 de Niklas Natt Och Dag – 400 páginas.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Topo