Infoway Cabeçalho
Meio Ambiente

VÍDEO: Por que a água do Rio Mãe Luzia está assim? Órgãos Ambientais fiscalizam para encontrar respostas

Na manhã deste sábado, 31, a Fundação do Meio Ambiente de Siderópolis (Famsid), a Fundação do Meio Ambiente de Treviso (Funtrev), a Polícia Ambiental e o Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), fizeram vistorias ao longo do Rio Mãe Luzia após terem recebido reclamações e vídeos da população de que ele estaria com uma coloração suspeita.

Os órgãos fizeram a fiscalização em uma mineradora próxima ao rio fazendo a medição do Ph (Potencial de Hidrogênio) e percorrendo suas margens, a fim de encontrar respostas de onde e porque a coloração encontrava-se escurecida.

O vídeo e as reclamações começaram a chegar no dia anterior, 30. Quando os fiscais chegaram ao local, a água encontrava-se um pouco menos turva, porém sua coloração ainda continuava fora do normal. Nesta primeira visita os técnicos não encontraram o motivo do problema, porém novas vistorias e análises serão feitas. O caso permanece sendo investigado.

TRATADO PELA RESTAURAÇÃO DO RIO

No mês de junho de 2017, 7 Municípios assinaram o Tratado de Restauração e Revitalização do Rio Mãe Luzia, onde se comprometeram em realizar ações concretas a favor do rio.

No mês de setembro mais de 100 mudas de árvores nativas foram plantadas, nas margens do Rio, em uma parceria entre a Famsid e o Governo Municipal de Siderópolis. Outros Municípios também realizaram e realizam atividades em prol ao rio.

O vídeo foi filmado por uma moradora de Treviso

FOTOS E TEXTO: JATENE MACEDO

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Topo