Infoway Cabeçalho
Colunistas

Você quer ser um voluntário para ajudar os animais domésticos?

Se você abriu essa coluna, com certeza tem algum carinho especial por animais domésticos, certo? Quem sabe até admira e valoriza as pessoas que de alguma maneira colaboram voluntariamente para cuidar do bem estar deles.

Eu Jéssica Lúcia Destro, tenho 29 anos, sou esposa, mãe e voluntária do IDDASI (Instituto de Defesa dos Direitos dos Animais de Siderópolis) desde 2015. Porém desde pequena, cenas de maus-tratos e animais sendo abandonados sempre me comoveram, apesar da inocência de criança, e da pouca informação em poder ajudar naquele momento. Em casa era sempre uma briga para ter animais de estimação, inúmeras vezes sem nem avisar eu aparecia com algum para cuidar e adotar.

Portanto, se você não é um voluntário e gostaria de ser, nunca é tarde. Sou da ideia de que tudo há o seu tempo. O meu foi em 2015.

Quantas vezes ao caminhar pelas ruas entre sua casa, o trabalho ou até a escola, você se deparou com animais abandonados? Se você se comove com essas cenas, de repente o seu tempo chegou.

O abandono animal se ampliou intensamente nos últimos anos. São cães e gatos, adultos e filhotes, saudáveis ou doentes que são abandonados à própria sorte nas ruas por seus donos irresponsáveis. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), existem mais de 30 milhões de animais nas ruas do país. Destes, cerca de 20 milhões são cachorros. Por isso a necessidade e importância de nós voluntários da causa animal nos juntar e unirmos forças para cada vez mais, tentarmos combater essa crueldade que o ser humano vem fazendo com os animais.

Caso você seja um voluntário parabéns! Continue nessa luta, não desanime, pois a batalha é árdua, mas a recompensa vem com “lambeijos”. E isso não tem preço!

Caso você gostaria de se unir a outros voluntários e nos ajudar a abraçar essa causa, procure o responsável de alguma ONG de seu município e entre nessa luta também.

A maioria das pessoas tem medo ou receio em se tornar um voluntário, pois tem em mente de que será necessário ir atrás de animais mutilados, atropelados, abandonados, e salvar o mundo. Mas eu te afirmo que NÃO!

Existem muitas maneiras de fazer um trabalho voluntário em uma ONG de defesa animal, como, ajudar com doações, compartilhar nas redes sociais, nos ajudando a divulgar a causa e os animais que estão para doação, alimentar um animal abandonado em seu bairro e/ou município, enfim são inúmeras as coisas que uma pessoa pode fazer ao se tornar um voluntário.

Portanto estou aqui, utilizando esse espaço para poder continuar ajudando a causa animal, deixar várias dicas, informações e curiosidades sobre o mundo pet, e te convido a fazer parte desse mundo.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Topo