Cultura

Livro ‘Sua Majestade Donna Locomotiva’ é lançado

Jessica Rosso – Departamento de Comunicação Prefeitura de Siderópolis

Solenidade faz parte da programação dos 130 anos de Imigração Italiana

O Governo de Siderópolis, através da Secretaria de Educação e Departamento de Cultura, realizou o evento solene de lançamento do livro “Sua Majestade Donna Locomotiva”, nesta sexta-feira, dia 16. O ato fez parte da programação dos 130 anos de Imigração Italiana Belluno-Siderópolis. A obra é da autora Edla Zim, com ilustração de Yris Tanaka.

O evento seguiu os protocolos, em razão da Covid-19, como o distanciamento social, o uso de máscaras e álcool em gel. Participaram da solenidade, o prefeito de Siderópolis, Franqui Salvaro, o vice-prefeito Adriano Teixeira, a presidente de honra da Afabess e primeira dama, Cristiane Salvaro, a vice-presidente de honra da Afabess e segunda dama Marta Cardoso Canto Teixeira, o secretário municipal de Educação, Méricless Rossa, o coordenador de Cultura Arisson Fabrício, a secretária da Alasi, Cissa Moroso, diretores de escolas, vereadores e demais autoridades.

Alice Decorações
Para Criar
Studio LE
Laboratório Dal Pont
Sidertur
Help Cell

A história do livro “Sua Majestade Donna Locomotiva”, tem passagem pelo túnel, localizado em Siderópolis, sendo este um ponto turístico do município. A história segue se referindo à rede ferroviária, usada para o transporte de carvão. O livro é escrito para crianças, adolescentes e adultos.

“O livro traz a história da implantação da estrada de ferro Donna Thereza Christina e do Museu Ferroviário de Tubarão, que tem o maior acervo de locomotivas da América Latina, um grande presente para a região Sul de Santa Catarina. Fiquei muito feliz com a presença do prefeito, vice-prefeito com suas respectivas esposas, com os secretários e demais autoridades nesse evento que foi extremamente acolhedor. Fica aqui meu agradecimento e o convite para quem quiser conhecer a obra Sua Majestade Dona Locomotiva”, disse a autora da obra Edla Zim.

“O lançamento desse livro resgata a história da Ferrovia Tereza Cristina e do tão famoso túnel de Siderópolis, lugares importantes dentro do processo histórico cultural da nossa cidade. O lançamento também traz à tona a valorização urgente da malha férrea e do ponto turístico, o túnel”, afirmou o assessor de Cultura Arisson Fabricio.

“Fiquei muito encantado com o trabalho feito pela autora Edla Zim. O túnel é fonte de muitas histórias para nós sideropolitanos. Não podemos deixar de mencionar o progresso que a ferrovia trouxe não só para o nosso município, mas para toda a região. Espero que a senhora Edla encontre outras coisas boas em nosso município para que ela possa escrever mais livros”, agradeceu o prefeito Franqui Salvaro.

Homenagem

Durante a solenidade, a autora Edla Zim foi homenageada com a esquete dissertativa (apresentação) “Donna Thereza Christina de Burbon e Ferrovia”, apresentada pela professora e vereadora Jadna de Cássia Rodrigues, com texto e introdução do professor Artur Comin.

“Atendendo ao pedido do assessor Arisson, de formular uma peça teatral, resolvi junto com a vereadora Jadna – caracterizada como a Imperatriz Thereza Christina – contar a história da construção da Ferrovia que leva o seu nome, bem como uma breve biografia, já que a história do livro se passa por tais trilhos. Muitos brasileiros não a conhecem, e foi esposa do último imperador do Brasil”, explica o professor, que complementa falando um pouco sobre a história.

“Nascida princesa de onde hoje é a Itália, sem sombra de dúvidas, foi peça fundamental na construção do país, sobretudo à vinda dos imigrantes para cá e por tão bem ter educado e prosperado os valores nobres de sua filha, a saudosa Princesa Isabel. Ter a ferrovia em sua homenagem é muito mais que preservar a história, é ter a centelha de um novo futuro promissor em todos os seus sentidos. Assim como amamos nossa terra, temos que também conhecer quem a amou antes de nós”, comentou.

Programação 130 anos de Imigração Italiana

Neste sábado, dia 17, às 15 horas, ocorre a missa festiva, em italiano, na Capela do Seminário Dom Orione. Na sequência, o cortejo até a Pedra dos Imigrantes para entrega da coroa de flores, em respeito a memória das primeiras famílias italianas que chegaram no município.

No domingo, dia 18, o encerramento da programação com a Live do Grupo de Cantores Bellunesi, que será transmitida pela Rádio Eldorado e pelo Canal do Facebook da Rádio Eldorado, das 10h ao meio-dia.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Topo