Infoway Cabeçalho
Economia

Preço da conta de luz pode cair em novembro com bandeira tarifária amarela

Desde junho operando na taxa mais elevada, decisão antevê alívio no bolso dos brasileiros

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), anunciou a nova bandeira para tarifas de energia no Brasil. Desde junho, o repasse ao cunsumidor está na bandeira vermelha – patamar 2, caracterizado pela taxa mais alta e custosa de geração de energia elétrica. Nesse índice, a tarifa sofre acréscimo de R$ 5 a cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumido. A partir de quarta-feira, dia 1, a bandeira vigente passa a ser a amarela.  Nesse caso, a tarifa aumenta R$1 a cada 100 quilowatt-hora consumidos.

O Sistema de Bandeiras Tarifárias apresenta as seguintes modalidades: verde, amarela e vermelha e indicam se haverá ou não acréscimo no valor da energia a ser repassada ao consumidor final, em função das condições de geração de eletricidade.

COLABORAÇÃO: ENGEPLUS

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Descubra Siderópolis em Santa Catarina.

Criado em 9 de março de 2017

Topo