Turismo

Grupo Movimento realiza trilha em Urubici

Ana Lúcia Pintro

Cachoeira do Peixinho, do Arco-íris, da Paixão, do Pé de Cortiça, da Surpresa, da Saudade e da Vitória. Todas elas são encontradas na Trilha das Sete Quedas, em Urubici, na serra catarinense. Este lugar foi escolhido pelo Grupo Movimento para viver mais uma aventura, neste domingo, dia 27.  Participaram da atividade 25 trilheiros de Siderópolis, Cocal do Sul, Balneário Rincão e Criciúma.

O guia de turismo Dário Lins, proprietário da agência Eco Trilhas Serra Catarinense, acompanhou o grupo. “Urubici na língua xokleng significa terra-mãe das águas geladas. Hoje eles tiveram a oportunidade de entender o motivo. Quase todo o percurso é feito andando dentro do rio e escalando as cachoeiras”, explicou Lins.

A líder do grupo, Josiane Carla Ronsoni, trabalha no comércio. Ela explica que não tem uma agência de turismo e que organiza esses eventos com o propósito de proporcionar encontros alegres entre as pessoas.  “O espírito do nosso grupo é de alegria, amizade e apoio. A minha manicure não estava bem, eu sempre a convidava. Ela começou a participar e isso provocou mudanças na vida dela, como perder 16 quilos e ter mais qualidade de vida. Temos outra colega que já deu um depoimento dizendo que quando fez contato para começar a trilhar estava numa fase depressiva, pensando no pior e estas experiências a ajudar a ficar bem”, explicou Josiane.

Para Criar
Help Cell
Confraria do Pão

Pêdra De Bem, 61 anos, professora aposentada, está sempre em movimento. Para ocupar o tempo realizava diversos trabalhos voluntários que foram sendo interrompidos devido à pandemia. Atualmente realiza atividades de pilates, yoga e zumba no Centro de Convivência do Parque das Nações, localizado no Bairro Próspera, em Criciúma. “As caminhadas nos renovam, desafiam, trazem alegrias, ampliam nossos conhecimentos. Quando chego em casa, fecho os olhos e revivo os momentos. No dia seguinte sinto como se eu estivesse voando”, relatou Pêdra.

No feriado da Sexta-feira Santa, dia 15 de abril, o grupo irá percorrer o trajeto de São Pedro de Alcântara até Angelina, na região de Florianópolis. A caminhada de 28 quilômetros está prevista para iniciar às três horas da madrugada.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Topo